Nas semanas que se seguem, os artigos publicados, surgiram com o objetivo de dar a conhecer as organizações integrantes da comunidade Semear, isto porque é importante apresentar as diversas iniciativas que partem destas organizações ligando-se com questões como a segurança e soberania alimentar e o direito à alimentação.

A Cáritas é um “serviço oficial da Igreja Católica em Portugal” sendo constituída “pela Cáritas Portuguesa, pelas vinte Cáritas Diocesanas e grupos locais que atuam em proximidade nas paróquias e comunidades”. A nível internacional é parte integrante da “Cáritas Internationalis, da Cáritas Europa” e a nível nacional é parte integrante da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, da Confederação Portuguesa de Voluntariado e a Plataforma Portuguesa das ONGD”. É um serviço “supervisionado pela Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana”.

A visão da Cáritas baseia-se no compromisso que se estabelece com um mundo:

  • Guiado pela solidariedade, justiça e paz;
  • Que respeita os direitos e a dignidade de cada um cujo a força se mede pelo bem-estar dos mais pobres, mais fracos e desprotegidos;
  • Que reconhece que a riqueza e a plenitude da criação representam o bem-comum de todos os seres humanos;
  • Que aceita que todos devem ter acesso à alimentação, à água, à saúde, à educação e formação e ao trabalho;

A sua missão incide em cinco áreas principais, tais como: “assistência/emergência; promoção humana; desenvolvimento sócio local; intervenção social e animação sócio-cultural”.

 A campanha da Cáritas intitulada como “uma só família humana, alimento para todos”, resulta do cenário degradante, constituindo-se como um grande desafio para a sociedade atual. Atualmente, é cada vez mais premente realçar o quanto se desperdiça tendo noção que existe uma grande percentagem de população que não têm acesso a uma refeição digna ao longo do dia. O grande objetivo desta campanha, passa então pela tentativa de colmatar a fome em 2050. Esta campanha é orientada pela Caritas Internationalis e convida à participação das 165 que existem em todo o mundo.

Insere-se também no projeto “Dar e receber”, criado pela ENTREAJUDA, uma Instituição Particular de solidariedade Social. O principal objetivo passa pela recolha de excedentes, em termos de bens alimentícios para posteriormente serem doados às famílias com mais debilidades. O principal lema deste projeto é tornar-se um “ instrumento potenciador de desenvolvimento, defendendo e colocando acima todas as coisas a dignidade de cada pessoa”, com base na “ solidariedade, compromisso e ao serviço”.

 

 

 

Referências:

Campanha “Uma só família Humana, alimento para todos”: http://www.caritas.pt/alimentoparatodos/

Cáritas Portuguesa: http://www.caritas.pt/site/nacional/

Plano de Atividades da Cáritas Portuguesa (2015)

Cáritas Portuguesa e o projeto “Dar e Receber”: http://www.caritas.pt/site/nacional/index.php?option=com_content&view=article&id=3834:dar-e-receber&catid=389:projectos-nacionais&Itemid=10

Comunidade Semear: Cáritas Portuguesa
Tagged on:                 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *