Nas semanas que se seguem, os artigos publicados têm o objetivo de dar a conhecer as organizações integrantes da comunidade Semear, isto porque é importante apresentar as diversas iniciativas que partem destas organizações e que estão ligadas às questões da segurança e soberania alimentar e do direito à alimentação.

A CONSULAI surgiu em 2001, fruto da “vontade de um grupo de recém-licenciados que empreenderam um projeto de base tecnológica em 1990”. Desde a sua criação, que tem vindo a alcançar e a solidificar o estatuto de “maior empresa de consultoria no setor agroalimentar, agrícola e florestal em Portugal baseando a sua atuação em relações de longo-prazo com os clientes, respondendo às suas necessidades, promovendo a sua competitividade no mercado, a qualidade dos seus produtos e os resultados económicos, através da inovação, da credibilidade e do rigor que nos reconhecem”.

A empresa de consultoria tem como missão, “ser o parceiro preferencial na criação de valores das empresas dos setores alimentar, agroindustrial, agrícola e florestal, em Portugal e nos países de Língua Portuguesa” ostentando em si valores como “inovação, credibilidade e vigor”. Faz-se acompanhar de uma visão em que num “cenário de crescimento demográfico a nível mundial, de modificações nos padrões de consumo, de desenvolvimento tecnológico acelerado e de alterações climáticas com impatos na sustentabilidade dos recursos naturais, os setores de produção agrícola e florestal e de transformação agroindustrial e alimentar assumem uma estratégica reforçada nível global, criando oportunidades ímpares a todos os agentes destes setores”.

A nível de projetos, a CONSULAI, tem vindo a auxiliar o projeto da EDP Solidária, as “Hortas Solidárias”, sendo que toda a atenção é dedicada aos estratos da sociedade com mais dificuldades e que paralelamente sofrem de exclusão social.

Surge em 2013, a primeira edição do projeto “Iniciativa Crescer” enquadrado no “Programa Pro Bono de Responsabilidade Social” que tem como principal fim “ ”contagiar” os jovens com o nosso sentimento pelo setor agrícola e agroalimentar e,

Simultaneamente, estimular o diálogo e a reflexão da agricultura em jovens em idade escolar do 2º ciclo, 3º ciclo, ensino secundário e ensino superior”.

Esta ilustração apresenta as diferentes formas de abordagem sobre a agricultura tendo em atenção as diferentes faixas etárias, de forma a “desenvolver e consolidar parcerias com escolas e universidades”

 

Referências:

CONSULAI: http://www.consulai.com/index.php?lang=pt

CONSULAI, projeto “iniciativa crescer”:http://www.consulai.com/images/Artigo/INICIATIVA-CRESCE-um-projeto-e%20-peras-Vida-Rural-Consulai-2014.pdf e http://www.consulai.com/index.php?option=com_content&view=article&id=11&Itemid=108&lang=pt

Programa EDP Solidária “Hortas Solidárias”: http://www.consulai.com/newsletter/18/

 

Comunidade Semear: CONSULAI
Tagged on:                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *